OK

Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies com o objetivo de analisar e medir o público, tráfego e navegação, definir serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses e interesses personalizados e compartilhar ou redirecionar de sites de terceiros. Para mais informações e configurações, clique em saiba mais

Termos e Definições – O que há de novo na Cláusula 3?

Você pode ficar tentado a pular as definições da cláusula 3 da ISO 45001. Você definitivamente não deveria. Embora muitas definições sejam compartilhadas com outras normas ISO, algumas são completamente diferentes - e até fornecem a chave para entender o restante do padrão. Vamos ver alguns.

ISO 45001

Você pode ficar tentado a pular as definições da cláusula 3 da ISO 45001. Você definitivamente não deveria. Embora muitas definições sejam compartilhadas com outras normas ISO, algumas são completamente diferentes - e até fornecem a chave para entender o restante do padrão. Vamos ver alguns.

 


Trabalhadores e local de trabalho - não apenas seus funcionários, em seu escritório

Trabalhadores” (3.3) pode parecer um termo estranho, quase arcaico. Mas foi escolhido por um motivo. Refere-se a uma pessoa executando atividades relacionadas ao trabalho. Isso pode ser: funcionários, estagiários, contratados e freelancers. Similarmente, “local de trabalho” (3.6) refere-se ao local onde uma pessoa vai para fins de trabalho - não apenas ao seu escritório!

 

Uma nova definição de risco

O risco na ISO 45001 é definido como um efeito de incerteza. Portanto, embora um risco seja a parte de seu processo que poderia afetar potencialmente o bem-estar de seus funcionários, o risco é a probabilidade de ocorrer um dano. No entanto, é importante entender que o risco também pode ser positivo. Na ISO 45001, “riscos” e “oportunidades” referem-se a riscos e oportunidades para a OHS, e outros riscos e oportunidades para o sistema de gestão.

 

Participação X Consulta

A participação dos trabalhadores e a consulta dos trabalhadores são suficientemente importantes na ISO 45001 para terem definições separadas. A participação se refere ao envolvimento na tomada de decisão, já a consulta refere-se à busca de opiniões antes de tomar uma decisão. Ambos podem envolver os mesmos órgãos - comitês de segurança ou conselhos de empresa, por exemplo -, mas os mecanismos usados ​​para chegar a uma decisão são diferentes.

 

Informação documentada - você precisa de um manual?

O que exatamente é informação documentada? Se trata de um conceito que diz “Informações que devem ser controladas e mantidas por uma organização". Pode estar em qualquer formato, mídia e qualquer fonte. Isso pode ser qualquer coisa, desde um manual tradicional de saúde e segurança até um wiki digitalizado.

 

Partes interessadas

As partes interessadas, de acordo com outras normas ISO, tornaram-se o termo preferido a ser usado. Elas incluem qualquer pessoa afetada por uma decisão ou atividade, incluindo clientes, proprietários, bancos, sindicatos, etc.

 

Transição para a ISO 45001: 2018

A partir da publicação da norma (12 de março de 2018), as organizações já certificadas para o OSHAS 18001 têm três anos para fazer a transição para a ISO 45001 (até 11 de março de 2021). Em média leva-se 01 ano para a maioria das organizações realizarem a transição completa. E como a ISO 45001 exige tanto a liderança da alta gerência como a consulta dos funcionários, é aconselhável começar o mais cedo possível.

 

O Bureau Veritas é líder mundial em certificação. Com base em nossa experiência em auditoria e treinamento, oferecemos uma variedade de ferramentas e cursos de e-learning, incluindo nossos populares Pacotes de Transição, para apoiar sua organização a fazer a transição para a ISO 45001 de forma tranquila. Saiba mais.